REFLEXÃO

Quando lemos a passagem da Bíblia sobre a Ressurreição de Lázaro devemos pensar.

 

Primeiro, Jesus era amigo de Lázaro, Marta e Maria. Jesus, ao chegar, mesmo sabendo que Lázaro já estava morto e que o Pai podia ressuscitá-lo, chora, não por desespero mas por amor, porque um amigo partiu. “Jesus chorou.” É um chorar na presença do Pai, assim deve ser o nosso choro quando chorarmos. Devemos chorar na presença do Pai, confiando, amando e esperando. 

Um outro ponto, é que Marta é aquela que se queixa a Jesus de Maria, no evangelho de Lucas 10, 38s. "Estando Jesus em viagem, entrou numa aldeia, onde uma mulher, chamada Marta, recebeu-o em sua casa. Tinha ela uma irmã de nome Maria, que se prostrou a seus pés para ouvi-lo falar. Marta, toda preocupada com as rotinas da casa, aproximou-se de Jesus e disse: Senhor, não te importas que minha irmâ me deixe ssozinha a servir? Diz-lhe que me ajude. Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, andas muito inquieta e te preocupas com muitas coisas; no entanto, uma só coisa é necessária; Maria escolheu a boa parte, que lhe não será tirada.

Marta aprendeu a lição e agora ela é a primeira a ir ao encontro de Jesus, agora ela sabe que deve ir ao encontro de Jesus, sempre...

Essa é a mensagem para nós. Devemos ir ao encontro de Jesus: 

- Quando perdemos um ente querido. 

- Quando somos injustiçados. 

- Quando sofremos injúrias. 

Devemos sempre ir ao encontro de Jesus. Quando Marta chegou próximo de Jesus, o mundo deve ter ficado diferente, a tristeza que ela tinha em seu coração foi embora, ela sentiu conforto e consolo e, por isso, ela disse:

"Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido. Mas, mesmo assim, eu sei que o que pedires a Deus, ele te concederá". 

Suas palavras não são de desespero mas de esperança, de paz. Ela sabia que Jesus podia fazer qualquer coisa, seu coração está em paz. Quem vai ao encontro de Jesus não se desespera pois sabe que Ele pode devolver até mesmo a vida, a paz, a esperança. 

Sabemos que a morte é um caminho sem volta. Mas também sabemos que quem vai ao encontro de Jesus encontra salvação para tudo, até mesmo para a morte.