NOTÍCIAS

XXIII ACANAC 

Um...dois...três....oito....quarenta....três mil e tal...dezassete mil....vinte e um mil e uns poucos mais...quase 22 mil.

Esta é a perspectiva numérica de quem participou no XXIII Acanac do CNE, entre os dias 31 de Julho e 06 de Agosto, em Idanha-a-Nova.

Com o tema de “Abraça o futuro”, desdobrado em subtemas para cada uma das 4 secções do CNE se viveu o maior acampamento escutista de sempre.

Acompanhados sempre por 4 personalidades transversais a todo acampamento: Ana Terra, Kiko Fogueira, Pedro Águas e Maria Brisa (os 4 elementos), os 3.293 lobitos foram Eco-heróis na CRIAÇÃO, os 6.786 exploradores foram Cadetes da Vara Flamejante na TRANSFORMAÇÃO, os 7.253 pioneiros experimentaram a INOVAÇÃO e os 2.353 caminheiros foram elos fundamentais na COOPERAÇÃO com as aldeias circundantes.

Esta foi a forma engenhosa com que os escuteiros vivenciaram durante esta semana a encíclica “Laudatio Si” do Papa Francisco e os 17 Objectivos do Desenvolvimento Sustentável definidos pela ONU para este milénio.

Houve diversos espaços de atividades e de divertimento, como por exemplo: O Porto de Abrigo (na Barragem Marechal Carmona), Génesis (com 120 oficinas diversas por cada elemento mais o espiritual), 7Sentes (ponto de encontro e partilha – além de portugueses estiveram estrangeiros de 7 nacionalidades), Eco Fun Zone (divertimento puro) e a descoberta de Idanha-a-Nova.

 

Como em todos os acampamentos, houve choro de saudades dos mais pequeninos, pequenas escoriações num joelho ou noutro provocados por uma estaca de tenda inesperada, um almoço ou jantar derrubado por um ponto de equilíbrio balouçante, um prémio aqui uma vitória acolá, um talher perdido algures e o Sr. Peúga sem dono...enfim....foi acampamento....foi escutismo.

 

O Agrupamento 608 Perafita esteve presente com 62 elementos (6 animadores e 56 escuteiros).

 

Já tínhamos participado em vários Acanac (Acampamentos Nacionais do CNE), mas, nunca em nenhum com estas dimensões: 4000 tendas, 400 autocarros a chegar e a partir, 80 autocarros em serviço de apoio às saídas de campo, 320 canoas, 5000 coletes de salvação, 2 supermercados em campo de 600 m2, ou seja, números “anormais” num acampamento.

 

Claro que houve coisas que não correram como se esperava, mas é normal quando se coloca tanta gente em 79 hectares (cerca de 80 campos de futebol), ou seja, muito mais população num espaço mais pequeno do que a população de Perafita (cerca de 13.607 nos censos de 2011 num território de 9,47 km2).

 

Mesmo lembrando os imponderáveis...já se instalou a saudade, porque não será fácil esquecer a entusiástica visita do Presidente da República, a procissão da imagem da Virgem Peregrina de Fátima que permaneceu em campo durante todo o acampamento, as diferentes atividades, os novos amigos e conhecidos ou a Oração do Escuta entoada por 22 mil pessoas por sugestão do escuteiro que é guitarrista dos DAMA, conjunto convidado para o encerramento que tanto alegrou os jovens em campo.

 

Excecionalmente, o próximo Acanac não será daqui a 5 anos, mas sim, a 6 anos, em 2023, de forma a celebrar o centenário do CNE – Escutismo Católico Português.

 

Bem haja a quem fez deste espaço e momento um motivo de festa e alegria, agora é experimentar as apreendizagens e ABRAÇAR O FUTURO!

SOBRE NÓS

A Paróquia de S. Mamede de Perafita está inserida na Vigararia de Matosinhos, Diocese do Porto. Dela, neste momento, fazem parte 12 organismos e um Centro Social: o Centro Social Paroquial Padre Ângelo Ferreira Pinto.

LOCALIZAÇÃO

PARÓQUIA DE SÃO MAMEDE DE PERAFITA


Praceta Padre Ângelo Ferreira Pinto, nº 25
4455-469 PERAFITA

COMUNICAÇÕES PAROQUIAIS

Para receber a newsletter ANuntio e todas as

comunicações paroquiais, indique:

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados Paróquia de S. Mamede de Perafita